<$BlogMetaData$/>
Peixe na rede Busca:
Arquivos:  Creative Commons LicenseEsta obra está licenciada sob uma
Licença Creative Commons
e tem alguns direitos reservados.
13 de janeiro de 2007
FOSob 5: Imagens e desenhos
FOSob 5: Imagens e desenhos
P.S.: Se você busca por imagens de peixe, leia o artigo "Figuras de Peixe".

Já faz um bom tempo que não escrevo sobre isso, mas a série FOSob ainda não acabou. Hoje vou escrever sobre um tema muito procurado: imagens e desenhos. Vou tratar agora apenas de editores de imagens (e fotos) e editores de desenhos vetoriais, CAD e modeladores 3D vai ficar para um outro artigo. Vamos começar pelo mais simples: visualizadores de imagens.

Atualmente, visualizadores de imagens não são muito úteis, uma vez que sistemas operacionais modernos (como o Windows e o Ubuntu, por exemplo) já vêm com seus próprios visualizadores. Esses visualizadores, entretanto, têm suas limitações, o que pode justificar instalar um visualizador em sua máquina. O XnView é o visualizador que suporta o maior número de formatos, mais de 400 ao todo incluindo imagens, áudio e vídeo. Além disso, ele permite pequenas modificações nos arquivos, como girar (sem perda de qualidade), cortar, aumentar ou diminuir, conversão em série (para, por exemplo, transformar vários BMP's em JPG's de uma só vez) e muito mais. De todos os formatos suportados, apenas os formatos de AutoCAD (DWG e DXF) depende de um pluging que não é exatamente gratuito, mas para esse tipo de arquivo eu recomendo mesmo o DWG TrueView da própria AutoDesk que é mais específico (melhor) e também é gratuito. Uma alternativa ao XnView é IrfanView. Tudo o que foi dito sobre um se aplica ao outro (até porque o XnView é, na verdade, cópia do IrfanView). Há sim algumas diferenças: o IrfanView só está disponível para Windows, o XnView é mais amigável e tem um visual mais apurado (o IrfanView parece estar ainda no tempo do Win98), o XnView pode ser baixado completo em um único arquivo (XnView v1.82.4 Complete version Multi-language), enquanto para o IrfanView deve-se baixar separadamente o programa, os plugins (que permitem abrir os diversos tipos de arquivo) e o language pack, além de algumas diferenças funcionais sutis.

No mundo dos visualizadores, há um também um grande sucesso chamado Picasa. O Picasa (que é do Google) não pretende ser apenas um visualizador, mas também um "organizador" de imagens. Segundo seus produtores, essa é a sua principal vantagem sobre a concorrência. Para mim, no entanto, esse é seu grande defeito. Ele dá apenas uma opção de organização e definitivamente, eu não me adapto a essa única opção (e eu acredito que as ferramentas têm que se adaptar ao homem e não o contrário). A organização é feita através de álbuns (que não necessariamente representam pastas no HD) e através de uma linha do tempo (?!). Além disso, ele apresenta recursos interesantes como, redutor de olhos vermelhos, slideshow como protção de tela, publicação integrada de fotos em flogs e no Blogger, etc. Certamente o Picasa é bem mais completo que os dois programas citados anteriormente, o usuário só tem que adaptar-se a ele.

Na verdade, todos esses 3 programas são dispensáveis. Se você por exemplo tem uma câmera digital, provavelmente tem também uma suite de programas melhor do que todos esses programas juntos. Além disso, visualizadores, os SO's já possuem integrados a eles (como disse no início), para publicação de imagens na Internet há diversos sites especializados, e para edições temos o GIMP. Alguns "profissionais" bitolados do mundo das artes e da fotografia vão dizer que o Photoshop é insubstituível, mas eu digo "experimente o Gimp". Trata-se de um programa de edição de imagens completo, totalmente aberto (o que significa que é gratuito e pode ser modificado pelo usuário/programador), com total suporte espalhado pela Internet em várias línguas (inclusive em português, como esse ótimo fórum). O Gimp também possui vários plugins e se você não encontrar um adequado ao que você quer você pode fazer o seu próprio. Desista do Photoshop e economize R$1.600,00 (por cada nova versão). Aí você perguntaria o que vou fazer com a coleção de brushes que tenho do PS, pra tudo tem um jeito, alguém já pensou nisso antes de você. É claro que profissionais (desta vez sem aspas) podem encontrar algo que não tem nos concorrentes que não tem no Gimp, mas certamente são coisas muito específicas que a maioria dos usuários nunca vai sentir falta.
GIMP
Finalmente, os editores de desenhos vetoriais. Todo mundo conhece o CorelDraw, mas nem todo mundo (na verdade pouquíssima gente) pagaria R$1.300,00 por ele. Eu também não. Atualmente, no mundo dos FOSob, não há AINDA um software que chegue perto do Corel. Mas já existem alguns que estão se encaminhando. O Inkscape (que também possui uma página braileira) é um deles. O Inkscape usa como padrão o formato SVG, definido pelo W3C. que pode ser visualizado inclusive diretamente no seu browser (obviamente não se você é um infeliz usuário do Internet Explorer). Certamente ele é muito mais simples e fácil de usar do que seus concorrentes. Vale a pena testar e contribuir para o seu desenvolvimento. Ele é ótimo, mas não espere muito, pois não está nem na versão 1.0. Em situação semelhante está o Sodipodi, mas sobre esse não posso dizer muito, na única vez que tentei instalá-lo (no Windows), deu pau e eu desisti. Se a sua intenção é fazer coisas simples pode utilizar o BrOffice.org Draw, o módulo de desenhos da suíte já comentada aqui.
Inkscape. Draw Freely.
No próximo artigo sobre FOSob, escreverei sobre outros programas gráficos. CAD e 3D de alto nível. P
topo megafone carta clip lapis
Gostou do que leu? Salve e compartilhe.
Delicious Add Reddit Add to diigo Add StumbleUpon Add Google Technorati this blog
Página desenvolvida e mantida por
Márcio Vinícius Pinheiro.
Esta página é melhor visualizada com resolução de tela de 1024x768. Recomenda-se também a utilização navegadores que respeitam as normas do W3C, como o Mozilla Firefox e o Ópera.
Esta página é apenas uma pequena amostra do Peixena rede. Visite a página principal e encontre muito mais.
Se não encontrou o que queria, vá para página principal ou use o campo de busca no alto da tela.

PNR desde 2005